Nossa luta pela transparência continua. Aqui você sabe quanto foi repasado à conta do FUNDEB

DO JUIZ AO RÉU, TODO MUNDO LÊ O BLOG EDUCADORES DE PORTEL

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Questionamentos sobre minha posição política

Ás vezes sinto que as pessoas, diante de eu ser dono de uma mídia famosa, querer manipular minha cabeça no sentido de obter diversos tipos de objetivos. Eu tenho que ser sempre atento em evitar que injustiças sejam cometidas.

Eu sei que o desejo é de vingança, retaliação e outros desejos que não cabem a mim decifrar dentro da maldade do ser humano e suas nuances psicológicas.

Nesta semana, um amigo questionou o porquê de eu não estar atacando o governo de Manoel Maranhense. Ele indagou: "Tem alguma coisa que te prende a ele?". Eu simplesmente respondi que está no começo do governo e que à administração do Paulo Ferreira dei cerca de um ano e meio, sob a perspectiva de que seria leviano de minha parte atacar um governo que tenta endireitar problemas deixados pela administração anterior.

Sou perspicaz, inteligente (dizem), bem formado (em duas universidades), criativo, habilidoso (digito sem olhar no teclado, bom de português e em informática, falo mais de dois idiomas estrangeiros, conheço minha realidade de mundo, sei fazer projetos, etc). Mas não sei puxar saco... Nesse quesito, creio ser oportuno dizer que, embora não saiba puxar saco, sei muito bem valorizar meu serviço. No blog, portanto, não valorizo ninguém, exceto se pagarem regiamente meus serviços, porque tudo isso elencado nesse parágrafo não foi conquistado com vagabundagem. Sempre fui bom aluno, estudante dedicado e por isso eu cobro valores monetários pelos meus serviços. 

Como dizia um aluno da região da Campinas (Acutipereira), "o cara que vende mercadoria sem cobrar sua parte é um palhaço". E eu não uso de minha sabedoria pra beneficiar alguem sem minha parte.


Postar um comentário