Nossa luta pela transparência continua. Aqui você sabe quanto foi repasado à conta do FUNDEB

DO JUIZ AO RÉU, TODO MUNDO LÊ O BLOG EDUCADORES DE PORTEL

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Que político bom é esse que é processado por improbidade?

O ato de discutir é saudável e demonstra o grau de cultura e amadurecimento da pessoa humana. Discutir no sentido de debater uma ideia, uma situação ou coisa do gênero, algo que mereça o desperdício de nosso precioso tempo. 

Hoje mesmo eu tive um dia bastante proveitoso em termos de debate. Esse aproveitamento foi em relação ao embate político que está sendo travado no município de Portel, uma situação ímpar em toda a história política dos arucarás. Em uma conversa, por exemplo, quando os ânimos estavam exaltados, um cidadão defendeu um nome que supõe-se ser o melhor da história administrativa de nossa terra. Deixei o cidadão se expressar e por todo o seu argumento enquanto analisava o contexto vivido por ele e sua família.

Numa situação de debate é preciso ser cauteloso para não ferir as pessoas e assim tolher o essencial que é a manifestação livre e espontânea. Isso eu soube administrar com maestria. Porém, no momento oportuno fiz uma abordagem a respeito do que é um bom administrador. Afirmei, assim, que o administrador para ser o melhor não pode ter seu nome envolvido em processos, especialmente por improbidade administrativa. Nessa altura do campeonato o meu amigo já não estava muito animado para fazer as contestações, já que seu ídolo dotada da supremacia em administração não tinha mais a mesma imagem que os outros ouvintes tinham no início do debate. Para apimentar meu ponto de vista, citei o plano de governo que todo político deveria ter para que, ao longo do tempo, seja avaliado se cumpriu ou não as promessas de campanha. Promessas sim, pois plano é uma senhora promessa, só que com uma cara mais técnica. Seu candidato, leitor, cumpriu pelo menos metade do plano, como agricultura, criação de peixes, estrada, educação, saúde, entre outros? Pense nisso. Aquele cidadão do debate deve ter pensado muito enquanto assava o seu churrasco, pois este assunto é mesmo de torrar o cérebro.
Postar um comentário