Nossa luta pela transparência continua. Aqui você sabe quanto foi repasado à conta do FUNDEB

DO JUIZ AO RÉU, TODO MUNDO LÊ O BLOG EDUCADORES DE PORTEL

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Morte no Cumaru: jovem dormindo em rede é apunhalado no pescoço



Ontem estive na comunidade Cumaru, onde estava sendo realizado um torneio com a presença de 25 equipes vindas de diversas localidades do interior e inclusive da cidade. Nem de longe sabia o que viria a acontecer.


Meu enteado estava numa dessas equipes e minha esposa doente. Assim, fui buscar meu enteado sem a boa companhia de minha esposa. Lá encontrei pessoas legais como a professora mais antiga do Acutipereira, a Zeca, filha do meu amigo Artair, um dos mais antigos moradores por quem tenho o maior apreço. Encontrei o irmão do Zeca Velho, que é morador do município de Melgaço, a Lene, o Sarnei, o Beto do Mocajatuba e até o Lúcio Brasil, só pra lembrar alguns.


Logo depois das 18 horas eu voltava pra Portel e cumprir algumas tarefas antes de me recolher ao conforto de minha casa. Pela manhã, uma aluna, que é parente do pessoal lá do Cumaru, me informou que alguém fora assassinado e essa pessoa era filho do professor Natalino. Dinan Gonçalves da Luz é filho do  professor Natalino e cursava o 3º ano na escola de ensino médio Nicias Ribeiro, fato que levou a direção a tornar o dia letivo em estado de luto.


O pior de tudo que o assassino foi um covarde dos mais repugnantes, cuja qualidade eu não gostaria em nenhum de meus adversários, pois o jovem estava dormindo numa rede, daquele jeito que o caboclo gosta, que é amarrar a baladeira no tronco de duas árvores e ficar se deliciando com a brisa que vem da praia. Estava nos braços da sua namorada, que também dormia e nem percebeu a aproximação do ser covarde e bruto que desferiu uma facada na jugular, levando-o a óbito ali mesmo.


O pai da vítima pensava se tratar de algum rompimento de artéria ou coisa parecida, mas o médico que estava de plantão no hospital Wilson da Motta Silveira declarou o jovem morto por facada. A mãe considerava o rapaz amável, obediente e amigo de todo mundo. A família sabe de conhecidos que deverão apontar para o provável suspeito.


No momento do fechamento dessa postagem já chegou uma notícia de que o bandido covarde foi capturado.

Mas nesta manhã, 11:48h, soube que não é verdade a notícia sobre a prisão do bandido. A polícia ainda trabalha na investigação do fato. Mas um morador me disse hoje, em breve visita ao Cumaru, que  um punhal foi encontrado e que havia inscrições no cabo do mesmo, possivelmente um número de celular.


Postar um comentário