Nossa luta pela transparência continua. Aqui você sabe quanto foi repasado à conta do FUNDEB

DO JUIZ AO RÉU, TODO MUNDO LÊ O BLOG EDUCADORES DE PORTEL

domingo, 22 de maio de 2016

Portel: Família da criança morta com explosão de lamparina sofre ameaça

Recebi, às 24:59m, a seguinte mensagem:
 
"Professor, tah acontecendo uma coisa muito estranha neste exato momento. Vários homens estão cercando a família. do Tharle"

E os relatos prosseguiram falando assim:

"Amigos, São 01:35,madrugada de 22/05,hoje, domingo. Venho alertar e pedir ajuda. Uma coisa muito estranha e perigosa está acontecendo. 4 (quatro) homens foram de voadeira ainda a pouco nessa escuridão da noite lá no interior do Rio Anapu, onde mora a família da criança falecida devido queimadura do combustível, buscar a família pra leva-la pra Belém. Um desses homens dizendo ser promotor. Trouxeram de lá uma senhora e uma moça pra cidade, chegaram não faz muito tempo, foram até a casa onde o pai do Tharle tá parando com seus filhos e queriam leva-los agora mesmo pra Breves. O pai do Tharle e seu irmão me ligaram assustados, com medo, preocupados, sem saber o que fazer. Conseguir falar com o Renivaldo e com o vereador Ronaldo Alves e me aconselharam a orientar o chefe da família a não viajar. E que pela manhã, logo cedo, às 7, nós vamos em equipe lá com a família e tentar localizar alguém do judiciário e a polícia pra que averigue o que está realmente acontecendo, quem são essas pessoas, o que querem. A coisa tá bem ruim. Hoje pude constatar que vários de nós, da Comissão estamos sendo ameaçados e taxados de todo tipo de insulto. Mas precisamos estar juntos e firmes. Não podemos abandonar as vítimas, em nome de Jesus."
Chat Conversation End

Ainda nesta semana (sexta-feira  20), recebi o comunicado de um irmão, o qual foi abordado por um professor que fez ameaças, dizendo que eu mexi com gente poderosa, que eu não tenho onde cair morto, que vão se vingar de mim, entre outras.

O vereador Ronaldo Alves foi o primeiro a receber ameaças do irmão do gerente do posto Cidade de Portel, ameaças estas feitas na sua casa. 

A professora Janice Moura, irmã do ex-prefeito Carlos Moura, também foi agredida fisicamente, prestando queixa na delegacia de polícia de Portel. A esposa de Moura também recebeu cusparada na face, diante de sua pequena filha menor de 10 anos, que também registrou B.O. na delegacia de Polícia Civil.

Pela Internet, familiares e gente do governo do município de Portel também manifestam termos agressivos contra os membros da Comissão Popular Tharle Cordovil (criada para acompanhar vítimas queimadas por óleo adulterado). Há ataques deste mesmo modo ao Promotor e ao Juiz, fatos estes registrados em prints de redes sociais.

ALERTA AUTORIDADES DO MUNICÍPIO! ATENÇÃO, JUIZ!  ATENÇÃO, PROMOTOR! ATENÇÃO, DELEGADO E AUTORIDADES FORA DO MUNICÍPIO.

 
Postar um comentário