Nossa luta pela transparência continua. Aqui você sabe quanto foi repasado à conta do FUNDEB

DO JUIZ AO RÉU, TODO MUNDO LÊ O BLOG EDUCADORES DE PORTEL

quarta-feira, 18 de maio de 2016

SINTEPP demanda informação sobre demissão em massa da SEMED

Embora a assessoria da Prefeitura de Portel seja solícita em responder críticas feitas pelos munícipes que pagam impostos, quando há atos administrativos, a atual administração do município não atende ao princípio da publicidade.

Não há contratos de barqueiros documentados em cópias (desafio à assessoria me mostrar isso), não há memorando encaminhando professores aos locais de trabalho, restando ao diretor expor os atos verbalmente, como se a administração fosse de quintal.

Aliás, é bom que se ressalte que esse agir no escuro, na obscuridade, como se fosse um ladrão no meio da noite a espreitar a vítima, iniciou no governo de Pedro Barbosa. Mas que fique bem claro: o exercício da publicidade de ações por meio escrito iniciou bem no primeiro mandato, quando a SEMED era gestada pelo professor Orziro Santana. Naquele momento, havia sim o memorando encaminhando o professor e demais servidores às comunidades, até como uma forma respeitosa de apresentar o profissional ao público alvo e seus familiares. 

Os barqueiros, coitados, não tem direito nem de ver o contrato, nem há cópias disponibilizadas a estes. Quando são exonerados, os servidores  ou recebem o aviso pela boca de terceiros ou nenhuma comunicação prévia é feita. Ou seja, o governo está fingindo que administra.
Postar um comentário