Nossa luta pela transparência continua. Aqui você sabe quanto foi repasado à conta do FUNDEB

DO JUIZ AO RÉU, TODO MUNDO LÊ O BLOG EDUCADORES DE PORTEL

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

CÂMARA DE VEREADORES AFASTA PREFEITO DE PORTEL

Pedro Barbosa emitiu cheque sem fundos no valor de 100 mil reais que seriam repassados a casa de leis.

A Câmara de Vereadores de Portel, na região do Marajó, acatou na manhã de ontem a denúncia apresentada na casa de leis pelo moto-taxista Ronaldo Oliveira Duarte e afastou do cargo, pelo período de 90 dias, o prefeito Pedro Rodrigues Barbosa, e o vice, Antônio Carlos Moura da Silva, ambos acusados da prática de vários atos de improbidade administrativa. De acordo com a denúncia, o gestor atrasou por quatro meses o pagamento dos servidores públicos contratados pela prefeitura e também atrasou por cinco meses o pagamento de aposentadorias e pensões devidas pela municipalidade, sendo alvo de Ação Judicial por parte do Ministério Público e Defensoria Pública. Os funcionários comissionados da prefeitura também estão com 3 meses de salários atrasados.  
 
Pedro Barbosa também está sendo acusado de não repassar às instituições bancárias os valores referentes a empréstimos consignados realizados por servidores municipais, resultando na inscrição dos mesmos no SPC e no Serasa. “O denunciado não repassa ao INSS os valores recolhidos na folha de pagamento dos servidores públicos”. Diz a denuncia encaminhada a Câmara de Portel. No entanto, a denúncia mais grave e que resultou no afastamento do prefeito foi o caso envolvendo a prática de estelionato, que teria sido praticada pelo gestor do município.
 
De acordo com o moto-taxista Ronaldo Duarte, o prefeito emitiu um cheque sem fundos no valor de R$ 100 mil reais, para o pagamento do duodécimo da Câmara Municipal de Portel, o qual foi carimbado por duas vezes por falta de fundos. Depois que o cheque foi devolvido pela instituição bancária, o presidente da Câmara ingressou com um Mandado de Segurança no juízo da comarca de Portel, para garantir o repasse dos valores à Casa de Leis. Votaram pelo afastamento do prefeito e do vice os vereadores Washington Rodrigues Barbosa, Moisés Moreira Costa Filho, Mauro Sergio Cordeiro Bentes, José Pereira da Costa e Adson Azevedo Mesquita.
 
Ontem mesmo, o presidente da Câmara de Vereadores, Washington Barbosa, que é irmão do gestor afastado, assumiu o cargo de prefeito interino de Portel. Procurado pela reportagem de O Liberal, o prefeito Pedro Barbosa não foi localizado para falar sobre a decisão da Câmara Municipal.  
 
Fonte: O Liberal, via blog do Evandro Corrêa
Postar um comentário