Nossa luta pela transparência continua. Aqui você sabe quanto foi repasado à conta do FUNDEB

DO JUIZ AO RÉU, TODO MUNDO LÊ O BLOG EDUCADORES DE PORTEL

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Professores preocupados com a escolha do futuro gestor da SEMED


Desde a última experiência amarga com os desmandos da secretaria de educação nas mãos de despreparados, os educadores portelenses estão aguardando o nome do futuro indicado a comandar o setor mais endinheirado de Portel. E essa expectativa está montada em um suspense nunca visto antes.

Estaria a bruxa solta?
Se depender dos acordos políticos que montaram os planos de eleição de Paulo Ferreira para prefeito da cidade, o nome do futuro gestor da cobiçada secretaria virá de dentro do PT. Se de acordo com uma conversa com pessoas de dentro do organismo governamental atual, Janice Moura seria a mais cotada. Vale lembrar que esta senhora já passou pela secretaria ocupando cargos de diretoria e os professores já sabem como ela trabalha. Mas a especulação já vai mais adiante.

Segundo os comentários que circulam pelos bastidores políticos, o diretor da escola Paulino de Brito, o antipático Jacinto, está na segunda fileira para ocupação do cargo. Não se sabe mesmo como é a atuação política e administrativa de Paulo Ferreira, mas a maioria das pessoas com quem se debate acredita que o governo desse jovem além de não ser traz-parente (para dentro do poder) nem tampouco transparente.

A velha prática da indicação de candidato que não consegue se eleger pode ser usada como uma tática para colocar o candidato a vereador derrotado Paulo Sérgio. Além de satisfazer os acordos feitos com os petistas, os enlaces envolvendo os donos do PT em Portel podem, como controvérsia, resultar numa possível audácia em desafiar os Mouras, legítimos proprietários da sigla, o que, por si só, já geraria um aceno negativo a proposta.

Bem próximo da eleição, levei ao conhecimento de eminente figura dentro do Partido Progressista o congecturar político do povo sobre a possibilidade de chamar a ex-secretária Rosângela Fialho para ficar no comando do bolo, já que fez uma tabelinha em retirar Miro Pereira, o candidato mais forte. Nessa conversa, confidenciou-me o interlocutor que Paulo Ferreira nutre um ódio ferrenho contra a candidata derrotada (199 votos!), mas que ela já está bem arrumada em outro município, para comandar outra secretaria onde uma amiga sua ganhou como prefeita.

Postar um comentário