Nossa luta pela transparência continua. Aqui você sabe quanto foi repasado à conta do FUNDEB

DO JUIZ AO RÉU, TODO MUNDO LÊ O BLOG EDUCADORES DE PORTEL

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

CUIDADO COM INFORMAÇÕES NÃO OFICIAIS

A Polícia Federal esclarece que o áudio divulgado na última sexta-feira (13), por meio da rede social WhatsApp, cujo conteúdo relata a existência de um suposto esquema de pedofilia baseado em sequestro de crianças após leilão realizado a partir de fotos encontradas em redes sociais, não possui fundamento.

O áudio, que se espalhou por todo o Brasil e gerou muita comoção e preocupação, principalmente nos pais com filhos em idade escolar, seria fruto da informação obtida através de um indivíduo que se passava por policial federal se utilizando do “discurso de autoridade”, o que dava ares de veracidade à notícia.
O fato foi investigado e se chegou à autoria do áudio e ao indivíduo que teria repassado a informação inverídica. Este foi conduzido coercitivamente até a Superintendência da Polícia Federal em Goiânia onde prestou esclarecimentos.

A Polícia Federal esclarece ainda que o combate à pedofilia na internet é uma atividade permanente realizada pela Polícia Federal e que as ações e operações são divulgadas por meio da imprensa e das redes sociais oficiais do Órgão, não estando qualquer indivíduo, servidor ou não, autorizado a repassar informações não oficiais em nome da instituição.

Fonte: ASCOM/PF
Postar um comentário