Nossa luta pela transparência continua. Aqui você sabe quanto foi repasado à conta do FUNDEB

DO JUIZ AO RÉU, TODO MUNDO LÊ O BLOG EDUCADORES DE PORTEL

sábado, 14 de novembro de 2015

O que me assusta



Espero que, ao final deste texto, você seja capaz de entender o ponto central, ao que desejo a mim mesmo, já que esse mundo tá tão conturbado que a gente até duvida do que acontece a todo momento.

Lá do lado da Europa, por exemplo, alguns retardados mentais matam inocentes em bares, restaurantes, como se esses pobres mortais não estivessem já se intoxicando com bebidas e excesso de comida ou mesmo embriagando a mente com jogos num estádio. Por outro lado, não se deve esquecer que esses debilóides devem ter algum motivo, uma causa que defendem e, aí, não seriam tão dementes aos nossos olhos deturpados por um sistema que não funciona e está a ponto de explodir o planeta inteiro.

Tomei mais de cinco banhos hoje, numa quentura insuportável, ao que logo me leva a pensar no aquecimento global, um pensamento indigesto para a mente que tenta se iludir no sentido de dar uma satisfação, fato inerente à condição humana de fingir que está tudo bem enquanto queimadas tomam conta dos quatro cantos do município, tudo para render uma farinha no prato quente do dia a dia. Clareiras são abertas dia e noite, sendo que de dia os plantadores de mandioca e de noite e dia os madeireiros se encarregam de tomar para si o que resta de madeira, agora ingressando até na Floresta Caxiuanã, ao que, no final de quarenta anos, a população ficará com 100 mil reais de compensação social. Nova forma de enganar a mente e dizer que são felizes.

Enquanto a gente vive esses dilemas, nossos políticos tiram direitos dos trabalhadores, como o 13º (décimo terceiro) deixado por Getúlio Vargas, embora eles mesmos não retirem as regalias que cobrem de ouro suas esposas e fincam dinheiro em algum paraíso fiscal. É uma preocupação de muitos, não tendo, no entando, nenhum efeito no povo paralisado pelo sentido de ainda possuir um grão de comida em sua mesa, dado pela Bolsa Família de Fernando Henrique e seguida por Lula e sua parceira guerrilheira Dilma Roussef.

Aí os pensamentos vagueiam de um lado a outro, achando que sou, enfim, burro porque não me igualo aos demais que acham que a corrupção é a saída. Há inclusive ideologia que acomoda esse pensamento aparentemente bem aceito no seio da sociedade, mas que lhe é reservado um desdém pela sociedade, que não aceita um comportamento nocivo a todos. 

Bem cheguei ao fim do texto, resumindo apenas um tiquinho da minha impressão do mundo que me rodeia e me assusta. Agora vai dando meia noite, espero que esfrie um pouco para enfrentar mais um dia. Até amanhã.
Postar um comentário