Nossa luta pela transparência continua. Aqui você sabe quanto foi repasado à conta do FUNDEB

DO JUIZ AO RÉU, TODO MUNDO LÊ O BLOG EDUCADORES DE PORTEL

quarta-feira, 13 de março de 2013

A virgem e os filmes pornôs


A história que conto hoje o ocorreu há tempo atrás. Não lembro muito bem, só que foi no início da década passada. Envolve um casal de evangélicos.

Marta era uma moça “de família”, linda. Apesar de usar vestidos para não expor seu corpo escultural, essa garota exibia umas curvas tão acentuadas que até Airton Sena não conseguiria contornar com tanta habilidade. Perfeita.

Seu marido, malandro transformado em uma nova pessoa, entrou no evangelho e pôs logo o olho em cima de Marta. Os olhos se cruzaram, gostaram um do outro e logo se casaram. Jorge,o malandro transformado, já a tinha observado na igreja e notou logo o patrimônio debaixo daqueles trajes que insistiam em esconder a porta do pecado.

Jorge era mesmo sacana. Ela ainda era virgem quando ele a levou um dia pra trás da igreja, durante um culto. Logicamente que Jorge tinha tido uma vida de muitas aventuras sexuais e quis praticar vários atos que não são permitidos pelas Leis Bíblicas. Como Marta tinha um bumbum arrebitado,digno capa de revista masculina, Jorge tinha um desejo. Mas ela nunca permitiu nada  além papai e mamãe.  Aí, o safado teve uma deia. Propôs à inocente jovem que fizessem tudo que contivesse num DVD pornô. Só que ele comprava e, no trabalho, assistia a tudo e só levava pra casa aqueles tinham cenas de transa anal.

Claro que Marta logo recorreu ao pastor de sua igreja para parar aquela cisma sexual de seu marido. O chefe igreja deu uma chamada no Jorge e, finalmente, Marta não teve mais que fazer o que não queria.

Este é apenas um trecho das Aventuras na Terra dos Contrários, de Ronaldo de Deus
Postar um comentário