Nossa luta pela transparência continua. Aqui você sabe quanto foi repasado à conta do FUNDEB

DO JUIZ AO RÉU, TODO MUNDO LÊ O BLOG EDUCADORES DE PORTEL

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

A intencionalidade de culpablizar a atual coordenação do SINTEPP

É preciso que se esclareça que a audiência da última sexta-feira 25, que envolveu o prefeito de Portel Paulo Ferreira e o futuro prefeito Manoel Maranhense e SINTEPP, foi prerrogativa ÚNICA do Juiz.

Na audiência, o Juiz de Direito convocou a representação do SINTEPP para participar de uma possível DECISÃO DE MEDIDA CAUTELAR entre o prefeito atual e o prefeito futuro, considerando A PRIORIDADE DOS ALUNOS não serem prejudicados no ano letivo. 

Além disso, a reunião teve o intuito de PRIORIZAR O RETORNO DE professores onde estivesse as aulas estivessem paralisadas por conta de demissões. 

Entretanto, não houve decisão nenhuma, pois:

PRIMEIRO QUE NÃO ERA INTERESSE DO SINTEPP retornar alguns professores e outros não; 

SEGUNDO que o prefeito Paulo Oliveira e assessoria presentes ali não tinham dados de quais escolas estavam nessas condições (agora imagina o dono da casa não saber o que se passa nela!). Pediram prazo para fazer levantamento.

Mas como a PRERROGATIVA é única do juiz que insiste numa TUTELA ANTECIPADA DE URGÊNCIA priorizando e preocupado com os alunos, intimou a todos pra essa sexta feira 02/12 com essa finalidade.

Na primeira participação o juiz disse não ser necessária a advogada do sintepp. Nessa sexta vamos acompanhado da mesma.
Postar um comentário