Nossa luta pela transparência continua. Aqui você sabe quanto foi repasado à conta do FUNDEB

DO JUIZ AO RÉU, TODO MUNDO LÊ O BLOG EDUCADORES DE PORTEL

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

O dinheiro sumiu: convênios do Governo Federal com a prefeitura de Portel - Parte I


O Ministério da Integração Nacional liberou R$ 472.827,10 para a construção de um laboratório para criação de peixes (tambaqui), assim como tanques (poços) e treinamento e assistência técnica para produtores comunitários. A obra grandiosa que geraria alimentação para o povo de Portel deveria estar pronta em 12 de novembro de 2011. Isso não existe em Portel.

Da mesma forma o Ministério do Desenvolvimento Agrário expeliu R$ 763.806,80 para a implantação de microssistemas de captação, tratamento e distribuição de água potável para as seguintes comunidades:

1.     Vila Santa Helena
2.     Vila Thiago
3.     Vila São Miguel e
4.     Santo Agostinho

Em recente visita a essas comunidades, não vimos os microssistemas.

Diante desse quadro, senhores da justiça deste Brasil, quais boas intenções que se tem para com o povo de Portel?

Convém fazer algumas ponderações sobre esses convênios, os quais seriam uma grande ajuda a municípios cuja arrecadação é mínima, geralmente dependente do IPTU, ICMS e outros impostos como o da madeira (que saem pelo ralo porque há muita propina). Pois bem, quando se trata de convênio relacionado a obras que a gente pode ver (nesse caso a gente não vê, pois o dinheiro foi surrupiado), algo palpável como um tanque de criação de peixes, mas se for para capacitação, treinamento... bem, nesse caso fica difícil comprovar. 

Postar um comentário