Nossa luta pela transparência continua. Aqui você sabe quanto foi repasado à conta do FUNDEB

DO JUIZ AO RÉU, TODO MUNDO LÊ O BLOG EDUCADORES DE PORTEL

terça-feira, 12 de abril de 2016

Portel: Homicida da professora Djane confessa crime e se entrega à polícia

Enfim, o crime misterioso de uma professora assassinada dentro de sua própria residência foi finalmente esclarecido, segundo a polícia.

Após sucessivas manifestações populares organizadas pela família da vítima, uma mulher se apresentou espontaneamente à Depol e confessou o crime, apesar de outra fonte noticiosa dizer que as Polícias Civis e Militares da cidade de Portel, numa ação conjunta, acabaram desvendando o misterioso homicídio da professora MARIA DJANE MARQUES NASCIMENTO, de 31 anos de idade, assassinada dentro de sua própria casa, à luz do dia.

Será que foi ela mesma: Nelzilene Gomes confessa que matou
A assassina confessa NELZILENE GOMES CASTRO afirmou que, enquanto a Professora Djane exerceu a docência no rio Ajará, afluente do rio Camarapi, manteve um relacionamento amoroso com seu marido. Tal envolvimento teria destruído seu casamento. Com o intuito de promover vingança, Delzilene mudou-se para o setor urbano do município de Portel, passando a morar quase em frente a casa da vítima. Paciente, esperou o momento certo para agir.

Família não acredita: estaria ela escondendo o jogo?
Mas os parentes não aceitam essa versão. Uma tia da vítima me disse que a professora exerceu mesmo suas atividades docentes numa comunidade do Ajará. Nesse período, Nelzilene convivia com um senhor de 76 anos de idade. A ribeirinha tinha ciúmes do marido com a professora. Como Djane não conseguiu contrato para o cargo de professora, não mais voltou à comunidade. Coincidentemente,  ancião abandonou sua companheira e se mudou para Portel. 
Supondo que seu marido tivesse vindo atrás da professora, buscou vingança.

Os parentes da vítima devem viajar hoje ao interior de Portel para entrar em contato com o idoso Dom Juan. Se ele foi mencionado no inquérito, ações policiais devem ser tomadas, como ouvir dele a história toda, inclusive a casa onde se hospedou quando na cidade.

 
Postar um comentário